quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Palmeiras presenteia Nickollas com óculos que transforma imagem em áudio - Veja o vídeo

Reprodução
Silvia Grecco mostra revista ao filho Nickollas
Silvia Grecco mostra revista ao filho Nickollas

Do UOL, em São Paulo

Três meses após rodar o mundo a imagem de Silvia Grecco narrando um jogo entre Palmeiras e Corinthians para seu filho Nickollas, de 11 anos, o menino ganhou um presente de Natal especial. Com deficiência visual desde o nascimento, o ilustre torcedor palmeirense recebeu das mãos do atacante Deyverson um óculos adaptado que transforma imagens em áudio. Assim ele terá a possibilidade de acessar uma série de informações que antes somente os relatos da mãe tornavam possível.

"Foi uma coisa que emocionou a todos os torcedores do Palmeiras e todos os brasileiros, então viemos trazer um presente para ele. É um equipamento que tem um dispositivo que captura imagens em uma máquina fotográfica. Essa fotografia é escaneada através de um computador e por fim tem o áudio. Você prende o equipamento no óculos por um ímã e dessa forma consegue ler qualquer texto em qualquer superfície e distância, inclusive placa de rua, cardápio e qualquer livro em qualquer idioma. Ele também captura rostos e nomeia, reconhece dinheiro, código de barra, produtos, cores, uma gama de funcionalidades que dá à pessoa com deficiência visual mais autonomia e independência", disse Daron Sadka, representante da empresa "Mais Autonomia Tecnologia Assistiva", que presenteou o menino em parceria com o Palmeiras.

Durante a entrega do presente Deyverson improvisou uma rima e prestou solidariedade à mãe de Nickollas: "Que Deus continue abençoando ela para continuar passando por essas adversidades da vida, pelas dificuldades. Que ele receba esse presente aqui de todo o coração, porque somos seres humanos iguais." Nickollas brincou a pulou com a interação do jogador do Palmeiras e já testou o novo presente durante a gravação da reportagem pela "TV Globo" e pela "TV Palmeiras".


Nickollas e a mãe foram flagrados durante o Dérbi pelo Campeonato Brasileiro em setembro, no Allianz Parque, e as imagens que mostravam a mãe narrando o jogo para o filho ao pé do ouvido rapidamente viralizaram. Em entrevista ao UOL Esporte, Silvia relatou as lutas ao lado do filho. que teve autismo diagnosticado aos 5 anos. Depois de todo esse processo o clube preparou várias ações com o menino, como visita guiada ao estádio e a chance de bater um pênalti na casa palmeirense.

Nenhum comentário: