segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Santos terá escola pública de surfe para pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida

Instituto irá funcionar no Posto 3, na orla da Praia do Gonzaga. Obras no local devem começar no início de 2019

Por GloboEsporte.com — Santos, SP

Posto 3 irá abrigar a escola de surfe para pessoas com deficiência — Foto: Raimundo Rosa/Prefeitura de Santos
Posto 3 irá abrigar a escola de surfe para pessoas com deficiência — Foto: Raimundo Rosa/Prefeitura de Santos

A cidade Santos terá sua primeira escola pública inclusiva de surfe, em 2019. Voltado para pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida, o local funcionará no Posto 3, na Praia do Gonzaga. A previsão é de que as obras comecem já no início do ano.

O Posto 3 vai passar por reformas internas para receber salas de reuniões, de professores, funcional e para guarda de materiais esportivos, com 30 suportes, além de espaço reservado para refeitório e dois ambientes para troca de roupa.

A área tem 189 m² e, após a reforma, vai contar com acesso por meio de rampas e haverá sinalização adequada em piso tátil. Alunos de todas as idades poderão participar, mas a Prefeitura de Santos ainda não divulgou as datas para que as inscrições comecem a ser feitas.

Nenhum comentário: