quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Acessórios de auxílio à mobilidade

Resultado de imagem para Charrete de cadeira de rodas
Que tal uma cadeira movida a cavalo? (imagem da Internet)

Desde a invenção da cadeira de rodas tem gente pensando em formas de ajudar o usuário a tocá-la. Provavelmente o primeiro acessório para auxiliar um cadeirante foi um cavalo... e de lá para cá surgiram inúmeros acessórios para ajudar, seja na força para tocar, seja para passar pelos terrenos acidentados que toda cidade brasileira tem. Vou listar aqui alguns acessórios que conheço.

Uma roda de 12 polegadas que transforma a cadeira em um triciclo

1- Freewheel
É uma espécie de "roda livre" que levanta as rodinhas dianteiras e facilita passar por terreno acidentado, como brita, areia e pedras. Facilita bastante passar por grama, brita, pedras e até areia. Encaixa facilmente e é compacto, fácil transportar até por aeronave. As desvantagens são que não resolve se as rodas traseiras forem muito finas, irão agarrar do mesmo jeito, e não tem motor, depende da propulsão manual. É fabricado nos Estados Unidos, e no Brasil encontra-se para comprar na Mobility (www.mobilitybrasil.com.br) ao preço sugerido de 3.000,00 reais.

É como um Freewheel com motor, direção e freios

2- Firefly ou Kit Livre
Mesmo princípio do Frewheel, é uma "quinta roda" que encaixa na frente da cadeira de rodas, com a vantagem de ter um motor elétrico no centro da roda e uma bateria que impulsionam o conjunto. Tem guidom com acelerador e freio, e até marcha a ré como opcional. As desvantagens são o tamanho e peso, o sistema complexo de encaixe na cadeira, e o pior é que não sobe morro, já que a tração é dianteira e o peso está todo atrás. E tem o preço, que nas versões intermediárias já ultrapassa os cinco dígitos. O modelo de 1000 wats custa mais de 10 mil reais.

Pelo valor de um carro usado, você empurra a cadeira com um motorzinho elétrico

3- Smart Drive
É também uma roda extra com um motor elétrico interno, com a diferença que se posiciona atrás do eixo da cadeira de rodas, e o acionamento é automático. Basta começar a tocar a cadeira que o motor entra em ação e empurra a cadeira de rodas. Só experimentei na Reatech, me pareceu fraco, não sei se aguenta um morro. Mas é mais engenhoso e tecnológico que os anteriores, porém sofre do mesmo mal, preço abusivo. No site da Mobility está por "apenas" 22 mil reais. Mais caro que muito carro.

Um triciclo que pode andar nas ruas e entrar em estabelecimentos comerciais. Serve pra tudo!

4 - Triciclos e Scooters Elétricos
Este não é um acessório que acopla à cadeira, mas um item à parte, que o cadeirante precisa se transferir para utilizar. Mas é mais confortável que a cadeira, e há modelos como o da foto acima que é forte, tem 1000 wats, a tração é traseira, portanto sobe qualquer morro, e é curto, pode entrar em supermercado, farmácia, lotérica, e ainda tem os equipamentos para rodar nas ruas, como retrovisor, farol, seta, freios a disco e até marcha a ré. Para mim, é o melhor acessório à mobilidade que conheço, e o preço, apesar de alto, não é proibitivo, pouco mais de 10 mil reais.


Estes são os principais acessórios que auxiliam quem tem mobilidade reduzida e trazem mais independência no dia a dia. Esqueci de algum? Se você conhece outros, deixe nos comentários. Gostaria que houvesse algum mais barato? Eu também! Mas infelizmente é tudo caro para pessoas com deficiência. Já que é assim, vamos tocar a cadeira do jeito que dá!

Nenhum comentário: