domingo, 24 de fevereiro de 2019

Atirador paulista se classifica para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020

Imagem

Por CPB

O paulista Alexandre Galgani faturou a medalha de prata na prova R5 – carabina de ar 10m deitado SH2 na etapa de Al Ain da Copa Mundo de Tiro Esportivo, nos Emirados Árabes Unidos, neste sábado, 23. Além da medalha, o atleta garantiu vaga para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Galgani é a terceira confirmação brasileira nos Jogos de Tóquio 2020. No ano passado, o futebol de 5 e o goalball conquistaram suas vagas ao sagrarem-se campeões de mundiais. Nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019, no Peru, o basquete em cadeira de rodas, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa e vôlei sentado disputarão vagas diretas para o principal evento do paradesporto.

Esta foi a edição mais forte da etapa de Al Ain da Copa do Mundo da modalidade com 220 atiradores inscritos de 47 países. Esta competição foi um dos eventos que compõem o período qualificatório para Tóquio 2020. O Mundial de Tiro Esportivo, em outubro, na Austrália, e uma etapa da Copa do Mundo, em 2020, também terão vagas em disputa.

A prova da carabina de ar 10m deitada foi vencida pelo ucraniano Vasyl Kovalchuk com a pontuação total de 633.9. A diferença entre o campeão e o brasileiro foi apenas de três décimos.

Ao todo, Alexandre disputou três provas: R9 - carabina .22 50m, R4 - carabina de ar 10m posição em pé e R5 - carabina de ar 10m deitado. Na prova R9, ele bateu os recordes brasileiro e das Américas. Na R4, o paulista terminou a prova em oitavo lugar.

Galgani perdeu grande parte dos movimentos dos membros aos 18 anos, após bater a cabeça no fundo de uma piscina e lesionar sua coluna.

Nesta etapa da Copa do Mundo o Brasil foi representado por outros cinco atletas: Beatriz Dias da Cunha, Bruno Stov Kiefer, Carlos Garletti, Eloisa Miranda e Geraldo Von Rosenthal.

Nenhum comentário: