domingo, 24 de fevereiro de 2019

Brincar Inclusivo: guia sugere brincadeiras para crianças com deficiência

O material oferece sugestões de brinquedos, brincadeiras e jogos que permitem a participação de TODAS as crianças

Resultado de imagem para Brincar Inclusivo: guia sugere brincadeiras para crianças com deficiência

da Redação

“Brincar é um direito humano garantido a toda e qualquer criança e adolescente por inúmeras leis, como a Convenção sobre os Direitos da Criança, de 1989 (Art. 31), a Constituição Federal (Art. 217) e o Estatuto da Criança e do Adolescente (Art. 4 e16).”

A idade, o gênero, a origem étnico-racial, o credo, as condições pessoais ou qualquer outra característica jamais podem justificar deixar alguém de fora na hora de brincar.

No Guia do Brincar Inclusivo você vai que pode colaborar para a garantia desse direito a toda e qualquer criança. A publicação é uma iniciativa da Vila Sésamo e da Unicef.

Reprodução/Guia do Brincar Inclusivo

No Guia do Brincar Inclusivo, você encontra sugestões de brinquedos, brincadeiras e jogos que permitem a participação de todas as crianças.

Para tornar inclusivas as brincadeiras, bastam algumas mudanças nas regras ou nos acessórios utilizados. Muitas vezes, quando uma criança com deficiência participa, é preciso estimular o espírito colaborativo em todos.

Por exemplo: é possível que um amigo empurre a cadeira de rodas ou ajude a criança com deficiência física a realizar certos movimentos; que todos orientem o amigo com deficiência visual na hora em que ele está arremessando uma bola ou buscando algo; ou que alguém ajude aquele que não fala ou não se movimenta na hora de criar palavras para dar respostas.

Resumo
Brincar é um direito inegociável de todas as crianças, independentemente de suas condições (ou limitações) físicas, sociais, emocionais ou de qualquer outra natureza. Pensando nisso, o Unicef, em parceria com a Vila Sésamo, criou o Guia do Brincar Inclusivo. Conheça!

Nenhum comentário: