terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Cadeirante ritmista da Grande Rio conta como surgiu paixão pelo Carnaval - Veja o vídeo.

Felipe Correa participará, pela oitava vez, do desfile da escola de samba

Por Gshow — Rio de Janeiro

Resultado de imagem para Bateria da Grande Rio se apresenta no palco do 'Encontro'
Bateria da Grande Rio se apresenta no palco do 'Encontro'

Patrícia Poeta e André Curvello receberam no palco do Encontro desta segunda-feira, 11/2, a Acadêmicos do Grande Rio, que apresentou o samba que promete sacudir a Sapucaí este ano. Com o enredo Quem Nunca? Que Atire a Primeira Pedra, a escola de samba leva para a avenida, de maneira divertida, a ideia de educação, convivência em sociedade e o jeitinho brasileiro.

Clique AQUI para ver o vídeo.

Felipe Correa toca chocalho na bateria da Grande Rio — Foto: TV Globo
Felipe Correa toca chocalho na bateria da Grande Rio — Foto: TV Globo

Um dos componentes da bateria da escola, Felipe Correa, é cadeirante desde pequeno por conta de uma doença que provoca falta de cálcio nos ossos. Mas a cadeira de rodas não limitou o rapaz de realizar o sonho de participar do desfile na Marquês de Sapucaí. Ele explicou como nasceu sua paixão pelo Carnaval e falou sobre a expectativa de entrar, mais uma vez, na avenida.

"Comecei desde muito cedo, porque minha família é toda envolvida com o Carnaval. Todo mundo é apaixonado, é maravilhoso entrar na avenida. Todo ano é uma emoção diferente. Desfilo desde 2011 e, na Grande Rio, estou indo para meu oitavo Carnaval. Será um grande prazer."

Felipe não deixou que a cadeira de rodas atrapalhasse seu sonho de desfilar na Sapucaí — Foto: TV Globo
Felipe não deixou que a cadeira de rodas atrapalhasse seu sonho de desfilar na Sapucaí — Foto: TV Globo

Nenhum comentário: