domingo, 3 de fevereiro de 2019

Polícia prende três por maus-tratos em casa de repouso no Paraná; idosos estavam desnutridos e com sarna - Veja o vídeo

Local foi fechado na sexta-feira (1º), em Araucária, e também abrigava pessoas com deficiência.

Por RPC Curitiba

Resultado de imagem para Polícia prende três por maus-tratos em casa de repouso no Paraná; idosos estava desnutridos e com piolho
Polícia prende três por maus-tratos em casa de repouso no Paraná; idosos estava desnutridos e com piolho

A Polícia Civil prendeu três pessoas suspeitas de maus-tratos a idosos e pessoas com deficiência em uma casa de repouso de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, na tarde de sexta-feira (1º).

Clique AQUI para ver o vídeo.

Segundo a polícia, as 10 vítimas que viviam no local - entre adultos e idosos com até 89 anos - foram levadas ao Hospital Municipal desidratadas, desnutridas, com piolhos, sarnas e ferimentos.

"O dono é muito ruim. Ele agride a gente, dá qualquer coisa para gente comer e a gente tem que aceitar. O funcionário dele também é muito ruim", contou uma das vítimas para a polícia.

Dois presos são donos da casa de repouso e o terceiro, um funcionário. Eles permanecem detidos na delegacia de Araucária neste sábado (2) e devem responder por, além de maus-tratos, formação de quadrilha.

Das 10 vítimas, nove continuam internadas no hospital neste sábado - uma delas foi resgatada pela família. A assistência social do município tenta localizar os parentes e realocar os demais pacientes

Rafael Cavalcante, genro de um dos idosos que estavam na casa de repouso, explicou que ele e a esposa não têm condições financeiras de levá-lo para casa.

"A gente não estava sabendo de nada. A gente ia visitar ele e estava tudo bem, estavam cuidando bem dele. A gente visitava a cada uma semana, uma semana e meia", contou.

Para a casa de repouso, as famílias das vítimas pagavam uma mensalidade que variava de R$ 1,2 mil a R$ 1,8 mil.

Ainda conforme a polícia, a casa de repouso já tinha sido fechada em outubro de 2017, mas voltou a ser aberta ilegalmente.

"Ela voltou a abrir de uma forma clandestina, sem alvará, sem licença, sem respeitar as normas técnicas. E não houve outra forma que não fosse o fechamento da casa", afirmou o secretário de Saúde de Araucária, Carlos Alberto de Andrade.

As investigações continuam.

Casa de repouso foi fechada na sexta-feira (1º), em Araucária — Foto: Reprodução/RPC
Casa de repouso foi fechada na sexta-feira (1º), em Araucária — Foto: Reprodução/RPC

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: