quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Segunda edição do Camping Escolar Paralímpico terminou nesta terça-feira,5

Daniel Zappe/CPB/MPIX
Imagem

Por CPB

Terminou nesta terça-feira, 5, a segunda edição do Camping Escolar Paralímpico. O evento reuniu 101 jovens atletas, de 21 Estados e o Distrito Federal, entre 12 e 17 anos, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, desde o dia 30 de janeiro.

Os atletas foram selecionados ao se destacarem nas Paralimpíadas Escolares de 2018. Nesta edição do projeto, as 11 modalidades disputadas na competição nacional foram contempladas. Durante os nove dias do Camping, os jovens passaram por testes e avaliações, treinos especializados para melhorar sua performance, além de palestras com técnicos do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

“Encerramos hoje a programação e o Camping superou as nossas expectativas. Esperamos que muitos desses atletas representem o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Paris 2024. Esses jovens melhoraram muito o seu rendimento durante esses dias aqui no CT Paralímpico”, disse Ramon Pereira, coordenador do Desporto Escolar do CPB.

No mês de junho, de 25 a 3 de julho, os esportistas voltarão ao CT Paralímpico para a segunda fase do Camping Escolar 2019. “Durante esses meses, os nossos técnicos do CPB monitorarão os atletas nesses meses de intervalo. Caso esse atleta tenha queda de rendimento nesse período, ele será cortado da segunda fase do Camping”, explicou Ramon.

A distribuição dos participantes por esporte, nesta edição, foi a seguinte: natação (20 atletas), atletismo (19), futebol de 7 (12), futebol de 5 (8), goalball (8), judô (8), vôlei sentado (8), basquete em cadeira de rodas (6), bocha (4), tênis em cadeira de rodas (4) e tênis de mesa (4). Dos participantes da primeira edição do Camping, em 2018, apenas quatro retornaram neste ano.

Nenhum comentário: