domingo, 12 de maio de 2019

Projeto oferece aulas gratuitas de jiu-jitsu a jovens e crianças com autismo em MT

Pacientes com outros transtornos também podem participar das aulas.

Por G1MT

Jovens e crianças com autismo recebem aulas de jiu-jitsu em Rondonópolis — Foto: Assessoria
Jovens e crianças com autismo recebem aulas de jiu-jitsu em Rondonópolis — Foto: Assessoria

Um projeto social em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, oferece aulas de jiu-jitsu para jovens e crianças com autismo e outros transtornos mentais. Ao todo, 35 pacientes do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPS) participam de atividade.

O projeto, que começou no dia 2 de abril deste ano, recebeu o nome de “Team IAD Jiu-jitsu” e é realizado em parceria com uma Organização da sociedade civil de interesse público (Oscip). O objetivo é proporcionar inclusão social, melhorar a condição física e a qualidade de vida dos pacientes.

De acordo com o professor Carlos Sérgio da Silva que ministra as aulas, nesses dois meses, os alunos já demonstram evolução.

"Percebemos que eles melhoraram o equilíbrio, a atenção, estão mais calmos. Além disso, como é preciso a participação de um responsável, a prática auxilia na relação entre o paciente e o cuidador. É um benefício para a família", comentou.

Pacientes de Caps têm aulas gratuitas de jiu-jitsu — Foto: Assessoria
Pacientes de Caps têm aulas gratuitas de jiu-jitsu — Foto: Assessoria

Ainda segundo ele, a atividade contribui para o fortalecimento dos músculos, fazendo com que os pacientes correspondam mais ao tratamento e consigam melhorar a qualidade de vida deles.

O projeto tem a capacidade de atender 150 crianças e adolescentes com idade de 7 a 17 anos, que devem estar matriculados em alguma escola da rede pública de ensino. Eles devem estar classificados na condição de baixa renda e em vulnerabilidade social, além de serem cadastrados no Centro de Referência de Atenção Social (CRAS).

Fonte: g1.globo.com

Nenhum comentário: