quinta-feira, 18 de julho de 2019

Seleção masculina de vôlei sentado busca renovar o time com foco nos próximos ciclos paralímpicos

Leandro Martins/CPB/Mpix
Leandro Martins/CPB/Mpix

A Seleção Brasileira masculina de vôlei sentado está no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, para a quarta fase de treinamento da temporada, que se encerra neste sábado, 21. A equipe está na reta final da preparação para os Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019. Na competição continental, o campeão da modalidade garantirá vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Mas simultaneamente a comissão técnica prepara atletas para representarem o Brasil nos ciclos paralímpicos seguintes.

“Eu acompanho os campeonatos, inclusive, no Brasileiro de 2018, eu gravei todos os jogos para poder analisar com calma e procurar futuros atletas, até em busca de jogadores de uma faixa etária mais baixa. No vôlei sentado, a maioria dos atletas adquiriu a deficiência por meio de um acidente de trânsito, então eles chegam ao esporte com uma certa idade e a nossa Seleção atual também já tem anos de carreira, por isso precisamos renovar gradativamente o time. Este ano, eu tenho convocado três atletas novos para começarem a ter uma vivência no alto rendimento”, relatou o técnico da Seleção Brasileira masculina de vôlei sentado, Célio César Mediato.

Anderson da Silva completa 24 anos nesta quinta, 18, e faz parte do projeto de renovação da equipe brasileira. Natural de Aracaju, capital de Sergipe, o atleta coletava materiais recicláveis quando foi atropelado por um trator e amputou a perna esquerda acima do joelho. Na época ele tinha 14 anos.

“Eu tinha uma vida diferente antes da deficiência, mas o esporte me colocou no caminho certo. Eu estou no início da minha carreira e quero evoluir cada vez mais. Minha maior conquista é estar aqui com a Seleção Brasileira. Na minha cidade, eu treino três vezes por semana. Aqui, o nível é avançado, então adquiro experiência e levo algo a mais para o meu clube”, comentou Anderson, que pratica vôlei sentado há três anos.

A última fase de treinamento do vôlei sentado será de 11 a 17 de agosto. Logo em seguida, o time embarcará para o Peru, onde disputará os Jogos Parapan-Americanos Lima 2019.

Nenhum comentário: