sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Deficiente visual tem celular roubado em banheiro público de Franca: 'ameaçou me matar', diz - Veja o vídeo.

Aposentado, de 54 anos, conta que saía da cabine dentro do terminal de ônibus, quando ladrão pegou aparelho que estava no bolso da camisa e fugiu. Telefone tinha teclado com botões.

Por G1 Ribeirão Preto e Franca

Resultado de imagem para Deficiente físico e visual é furtado no banheiro da rodoviária de Franca, SP
Deficiente físico e visual é furtado no banheiro da rodoviária de Franca, SP

Deficiente visual teve o celular roubado dentro do banheiro do terminal de ônibus urbano de Franca (SP) nesta quarta-feira (28). O crime é investigado pelo 1º Distrito Policial, mas o ladrão não havia sido identificado até a tarde desta quinta-feira (29).

Clique AQUI para ver o vídeo.

Leon Deniz Rezende, de 54 anos, conta que o assalto ocorreu quando retornava para casa, no bairro Vera Cruz, por volta de 17h30. Ele diz que foi abordado por um jovem no momento em que saía de uma das cabines privativas do banheiro do terminal de ônibus.

“Abri a porta para sair, ele entrou e veio enfiando a mão no meu bolso, falando comigo e pegou o cartão do ônibus, e também o telefone. ‘Me dá o telefone, rapaz’. Ele respondeu ‘fica quietinho, senão eu vou te matar’. Foi assim, ele ameaçou me matar”, relembra.

O aposentado Leon Deniz Rezende e a mulher em Franca, SP — Foto: Ana Laura Siqueira/EPTV
O aposentado Leon Deniz Rezende e a mulher em Franca, SP — Foto: Ana Laura Siqueira/EPTV

Ainda segundo o aposentado, o celular estava no bolso da camisa. O aparelho era antigo, tinha teclado de botões e números em tamanho grande, o que facilitava a utilização, já que Leon e a mulher têm “baixa visão”. O jovem fugiu correndo após o roubo.

Leon afirma que não tem o hábito de sair sozinho, apenas quando realmente precisa, e usava o celular para se comunicar com a mulher em caso de necessidade. O casal mora em uma casa alugada e o aposentado diz que não tem condições de comprar um aparelho novo.

“Fiquei meio assustado, porque foi a primeira vez, nunca fui assaltado. Sempre andei na rua, nunca tinha acontecido isso comigo. Agora, não acho mais esse modelo. Ele é mais fácil para discar, porque número grande eu consigo enxergar melhor”, diz.

Terminal Ayrton Senna em Franca (SP) — Foto: Reprodução/EPTV
Terminal Ayrton Senna em Franca (SP) — Foto: Reprodução/EPTV

Fonte: g1.globo.com


Nenhum comentário: