sexta-feira, 15 de agosto de 2008

REABILITAÇÂO.

A luta
As formas que as Instituições encontram para ajudar os deficientes A Organização Mundial de Saúde estima que 10% da população mundial é portadora de algum tipo de deficiência e desses, somente 3% obtém algum atendimento. A prestação de serviços ao portador de deficiência por parte do Estado é quase inexistente no Brasil, destacando-se assim, o papel de entidades que se importam com essa questão.
Essas instituições tem uma grande preocupação em enquadrar as pessoas portadoras de deficiência na sociedade, e fazem isso de várias formas, entre elas através da educação e dos esportes.
Saúde
O Hospital das Clínicas desenvolve programas de reabilitação integral, destinados a portadores de deficiência física. O Hospital conta com recursos tecnológicos avançados para diagnóstico e tratamento nas áreas de lesão medular, hemiplegia, paralisia cerebral, retardo no desenvolvimento neuro motor, entre outros. Atende adultos e crianças de qualquer procedência geográfica. O endereço é Rua Oiderot, 43 - Vila Mariana - SP - Fone: ( 11) 5549- 0111, Fax: (11) 5549-0556.
O Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofacigis (Centrinho) da USP possui uma equipe multidisciplinar para atendimento ambulatorial e de internação de crianças e adultos. Em Bauru, o é rua Silvio Marchione 3 -20, Vila Universitária, fone: (14) 223-5688, 235-8130, fax: (14) 234-7818 ; em Santo André, FUNCRAF, rua Manoel Vaz, 59, Vila Alzira, fone: (11) 4435-6200, Fax: (11) 4435-6212; e. em Itararé, FUNCRAF, rua Dr. Pedro de Alencar, 295, Itararé- SP, fone: (15) 3531-3217.
A Unicamp oferece atendimento em programa de reabilitação integral a crianças, adolescentes e adultos com deficiência auditiva e visual, por intermédio do Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação prof. Dr. Gabriel de Oliveira da Silva Porto. O endereço é av. Adolfo Lutz, s/no, Cidade Universitária Prof. Zeferino Vaz, Bairro Barão Geraldo, Campinas -SP, Fone: (19) 3788-880918801.
A Faculdade de Filosofia e Ciência da Unesp - Universidade Estadual Paulista, dispõe de um departamento e um centro de educação especializados.
Centro de Educação de Estudos da Saúde (CEES) realiza orientação vocacional para crianças e jovens em idade pré-escolar e escolar, clínica de fonoaudiologia, oficina terapêutica, programa de registro e recursos de perdas auditivas hereditárias. O Departamento de Educação Especial forma professores nas habilitações em deficiência física, visual, auditiva e mental. O endereço é av. Hygino Muzzi Filho, 737- Campus Universitário, Marília. Fone (14) 423-6399 ramal 251 fax (014) 422-4797.
Unidades de saúde estaduais, municipais ou conveniadas com o SUS - Sistema Único de Saúde estão presentes em todos municípios do Estado de São Paulo e desenvolvem ações de saúde desde as mais simples até as mais complexas. As ações de saúde voltadas às pessoas portadoras de deficiências são coordenadas em cada região do Estado pelas Diretorias Regionais de Saúde, as DIRs. Dentre as ações desenvolvidas destacam-se a Prevenção Primária e Detecção Precoce de Deficiências; Prevenção Secundária e Prevenção de Incapacidades; Reabilitação; Emissão de Laudos Médicos. Informações: Disque 1520 e na Capital: (11) 222-5633.


Fonte: CEAPPD.